Sistemize

Como facilitar a mudança de carreira? Aprenda as 7 recomendações

Mudar nunca é fácil. Quando falamos em mudar de carreira, o grau de dificuldade pode ser ainda mais alto. Mas não é por isso que você está condenado a ficar aí parado! Embora a transição de carreira seja um movimento complexo, você pode tentar fazer isso seguindo as seguintes recomendações do especialista Silvio Celestino.

Recomendações da Sistemize para mudar de carreira.

Liderança

1. Faça uma reserva financeira

Por isso, é preciso que você faça uma reserva financeira antes de entrar de cabeça nessa transição. Principalmente se pessoas dependam financeiramente de você, como filhos, pais etc. Silvio recomenda que você faça essa reserva por dois ou três anos, mais ou menos, para enfrentar com mais tranquilidade a fase de mudança propriamente dita.

2. Entenda o mercado de trabalho

Antes de mudar de carreira, também é preciso que você estude o mercado de trabalho. Entenda as possibilidades reais que a nova área oferece. “Não basta apenas gostar do que você faz. Isto é amplamente divulgado, mas a realidade é outra. É preciso focar alguma coisa que você goste, claro, mas também que tenha mercado, que tenha público”, afirma Silvio.

 

Autotreinamento on-line

na Sistemize

Liderança

Há tantas coisas que você precisa realizar quando começar um negócio on-line e coaching. Você precisa criar um site impressionante, lançar um blog informativo, atrair tráfego qualificado, aumentar seu ranking da página, etc. Mas se há uma coisa que você não pode tomar concedido iria garantir um status perito em seu nicho escolhido. Obviamente, as pessoas não inscrever com você se não têm provas de que você tem que fazer para realmente ajudá-los.

Abaixo estão algumas dicas sobre como você pode convencer seus clientes potenciais que você está realmente bem informados e que você pode fornecer-lhes com o tipo de informação que eles exigem:

Carrega o seu site com informações surpreendentes. Sempre comece com o seu site. Ao invés de focar também muito do seu espaço e energia em falar sobre seus programas, comprometa-se a dar valor real para seus visitantes. Crie uma seção onde você pode alimentar seus clientes potenciais, com o tipo de informação que estão procurando. Vá para os fóruns e outras comunidades online. Em seguida, compile as perguntas e questões mais prementes que seus potenciais clientes geralmente encontram. Criar artigos contendo respostas e soluções e publicá-las em seu site. Para obter resultados surpreendentes, estar dispostos a compartilhar seus segredos pessoais e dicas. A informação mais atraente que você compartilha, o mais provável, você vai impressionar seus visitantes.

Fórum e blog comentando. Você não pode realmente esperar todos os seus clientes potenciais de exercer um esforço para encontrar seus artigos e blog, certo? O que pode fazer é dar o primeiro passo para fazer essa conexão primeira muito necessária. Vá para os fóruns e blogs, onde eles geralmente se encontram. Ler seus posts e se necessário, dar parecer sobre as questões que eles estão discutindo. Mais uma vez, estar disposto a compartilhar seus segredos e derramar insider dicas e técnicas para que possa impressionar as pessoas e depois levá-los a visitar seu blog e site.

Oferece seminários gratuitos. Se você quiser levar todo o processo para um novo nível, eu diria que organizar seminários curtos mas útil que você pode conduzir via telefone ou através de videoconferência.

 

Escola de Coaching, como escolher?


 
Muitas pessoas me perguntam qual é a melhor escola de Coaching, pois são tantas opções que fica difícil escolher. Eu sempre recomendo a escola que me formei, pois é a única que eu conheci verdadeiramente e posso seguramente indicar.
Mas a maioria dos meus amigos e colegas Coaches que inclusive alguns deles publicam seus artigos e dicas de coaching aqui no site, se formaram em escolas de coaching diferentes da minha e os mesmos disseram que ficaram felizes com sua formação em Coaching e também com os instrutores que que conduziram o curso de Coaching.
São inúmeras escolas e diferentes tipos de formação em coaching, algumas dicas para escolher bem onde fazer sua formação em coaching: Formação em Coaching
1- Fale com alguém que já fez curso na instituição, é fácil descobrir veja na página do Facebook, sempre tem comentários pergunte para essas pessoas o que elas acharam realmente.
2- A maioria delas colocam o nome do instrutor, pesquise sobre ele no google, dá uma olhada na sua trajetória e principalmente experiência como Coach, isso é importante.
3- Seja honesto com você mesmo, existem formações em Coaching online, você se sente seguro em fazer uma formação à distância? Vai ter disciplina para estudar? Essa é uma das opções mais baratas que tem, eu nunca fiz online e prefiro presencial, mas fique à vontade para escolher e avaliar, em questão de investimento certamente será a melhor opção, mas fique atento e pesquise muito antes de fechar a sua formação em coaching online. Quantos cursos em Coaching são necessários?
Geralmente as escolas de coaching oferecem alguns níveis de formação, onde eu me formei são 3 níveis e mais alguns específicos. Você nunca mais vai parar de estudar se decidir se tornar um Coach, isso não quer dizer que você precisa fazer todas as formações.
Mas é sempre bom reciclar o conhecimento. Eu conheço Coaches que fizeram uma única formação e é um sucesso como Coach e conheço alguns que fizeram várias formações mas não decolaram ainda como Coach, então não é o número de cursos em coaching que determina o seu sucesso.